Facebook
  RSS
  Whatsapp

Serviço de transporte escolar é tema de reunião promovida pela Seduc

Ainda, de acordo com Neurilene, a expectativa do lançamento de um novo edital para a ampliação da capacidade de atendimento no serviço de transporte escolar, o que irá minimizar os problemas relacionados à superlotação em alguns roteiros.

Compartilhar

 

Com o intuito de avaliar a oferta do transporte escolar nos primeiros dias do Ano Letivo de 2024 na Rede Pública Municipal de Ensino, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Educação (Seduc) promoveu uma reunião. O encontro foi conduzido pela secretária da Educação, Neurilene Martins, que, de uma perspectiva estratégica e propositiva, fez uma análise sistematizada das demandas já identificadas e das soluções já implementadas durante essa fase de definição dos parâmetros do serviço.

 

De acordo com a titular da pasta, o empenho e a postura resolutiva da equipe técnica fazem diferença na prestação do serviço de transporte escolar, sobretudo por manter diálogo constante com a população. “Atualmente, cerca de 18 mil estudantes – sendo cerca de 6 mil da rede estadual – fazem uso do transporte escolar. Isso representa um crescimento de demanda de 33%, comparando com o quantitativo de estudantes que tínhamos com esse perfil cinco anos atrás. É uma procura crescente e nós, a cada ano, também aumentamos o número de veículos e roteiros, uma dinâmica que já está em andamento nessa primeira semana de aulas de 2024”, observou Neurilene.

 

Segundo o coordenador de Transporte Escolar, Vagner Fiuza, este ano já foram criados dois novos roteiros e, ainda, foi promovida a otimização em duas rotas, sendo que, para isso, foi necessária a inclusão de dois novos veículos na frota, atendendo demandas das regiões da Cascalheira, de Catu de Abrantes, e de Monte Gordo. “Dentro desses primeiros cinco dias já recepcionamos e solucionamos demandas oriundas de diferentes territórios da nossa cidade, e nós seguiremos com esse fluxo, sempre dialogando com a população”, afirmou, acrescentando que a rede possui, atualmente, 110 veículos operando no transporte escolar, incluindo ônibus, micro-ônibus e Vans utilizados para o transporte de estudantes, além de professores que requerem o suporte.

 

Segundo acrescentou a gestora da pasta, essa parametrização demanda também diálogo constante com a Coordenadoria de Matrículas e Informações Educacionais da Seduc, que, até o momento, já contabilizou mais de 35 mil estudantes na rede municipal, com previsão de atingir um número superior a 39 mil até o fim de março.

 

Ainda, de acordo com Neurilene, a expectativa do lançamento de um novo edital para a ampliação da capacidade de atendimento no serviço de transporte escolar, o que irá minimizar os problemas relacionados à superlotação em alguns roteiros.

 

Também há movimentos no sentido de garantir a presença de monitores escolares em mais ônibus. “É um momento em que a oferta ainda está se adequando a uma nova dinâmica, com novos estudantes na rede e, além disso, estudantes matriculados em escolas diferentes das que frequentavam no ano anterior. Estamos acompanhando de perto essa fase de adaptação”, completou.

 

O encontro aconteceu na sala de reuniões da Seduc, na sexta-feira (1º/3), e contou ainda com a presença da equipe da Coordenadoria das Gerências Regionais, além de demais representantes da pasta.

 
 

Agência Camaçari

Mais de Camaçari