Políticas públicas de meio ambiente são tema de reunião entre vereador e titulares de Meio Ambiente

 

A gestão técnica de espaços ambientais, associadas ao desenvolvimento urbano e econômico são desafios que os órgãos ambientais precisam administrar e buscar soluções inteligentes. Esse cenário tem sido uma pauta recorrente que resultou em uma parceria técnica e colaborativa entre as secretarias de Meio Ambiente do município de Camaçari e do Estado da Bahia.

Ampliando esse diálogo, as gestoras da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), Márcia Telles, e da Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), Andréa Montenegro, se reuniram na manhã de quinta-feira (20/1), na sede da SEMA, em Salvador. O encontro teve a participação do vereador Gilvan Souza e do coordenador ambiental, João Leal.

Durante o encontro, a titular da pasta de Camaçari apresentou o andamento da regulamentação do Parque Municipal das Dunas de Jauá e Abrantes, ações do Reflora Camaçari, o projeto de proteção e reflorestamento do Anel Florestal, além de discutir prerrogativas legais para licenciamento, gestão de barracas de praia e parceria com a Embasa e Coelba.

Na oportunidade, o vereador Gilvan Souza também tirou dúvidas sobre a ocupação de faixa de praia, urbanização do canal de Vila de Abrantes e o plano de manejo e limpeza das lagoas do município. O plano de urbanização do canal, defendido pelo vereador através de indicações e ofícios, prevê o esgotamento sanitário, cobertura das galerias e criação de ciclovias interligando as comunidades.

O grupo também teve acesso a informações sobre um novo projeto de concessão de parques, iniciativa que pode contemplar a gestão do Parque Natural Municipal das Dunas de Abrantes e Jauá. O programa consiste na gestão de parques, através de um plano integrado com a iniciativa privada. A candidatura de Camaçari e manifestação de interesse serão intermediadas pela titular da SEMA.

 

Agencia de Notícias

Mais de Cidades