Zona rural é contemplada com a entrega itinerante do cupom da Cesta de Natal

 

Com o objetivo de melhor atender e facilitar o acesso dos moradores que residem nos locais mais distantes do município, a Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes), iniciou neste sábado (4/12) a entrega itinerante dos cupons da Cesta de Natal, nas comunidades da zona rural, e já no primeiro dia atendeu 60% do público a ser atendido nessa região.

De acordo com a secretária da Sedes, Reni Oliveira, a distribuição dos cupons para este público específico acontecerá até domingo (5/12), em 10 pontos itinerantes distribuídos pela zona rural. “Nossa intenção quando montamos o esquema de entrega itinerante, é facilitar o acesso dos munícipes a serem beneficiados, que possuem dificuldade para se deslocar até os pontos fixos principais. Sem falar, que com essa antecipação também conseguimos evitar aglomerações nos outros pontos de entrega”, disse.

A entrega dos cupons está sendo realizada por equipes devidamente identificadas. Vale destacar, que todas as medidas de segurança para evitar a propagação do coronavírus, como uso de máscara e álcool em gel, estão sendo adotadas durante a ação. No total, 42 comunidades serão atendidas pela iniciativa.

Os moradores receberam de forma positiva a ação itinerante, foi o caso da dona de casa, Janiara Bastos, que reside na localidade de Mutirão de Abrantes. “Moro um pouco mais distante e pegar o cupom aqui com vocês, realmente facilitou muito”, afirmou.

Na segunda-feira (6/12) será iniciada a entrega dos cupons nos 23 pontos de distribuição montados entre a sede e a costa do município. A iniciativa segue até o dia 12, incluindo sábado e domingo, das 8h às 15h.

A Cesta de Natal é voltada para beneficiários dos programas Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família) ou Bolsa Social; para mulheres vítimas de violência acompanhadas pelo Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) Yolanda Pires; bem como famílias acompanhadas pelo Centro de Referência da Assistência Social (Cras) ou pelo Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas).

Também serão contemplados com o benefício, a população em situação de rua acompanhada pelo Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua – Centro Pop; os idosos atendidos pelo Centro de Convivência da pessoa Idosa – Conviver; bem como as mães de crianças/adolescentes matriculados na Casa da Criança e do Adolescentes que não possuem Auxílio Brasil

Mais de Cidades