CEVA passa por reforma para acolher 100% dos alunos para aulas presenciais

 

Na última visita do governador da Bahia, Rui Costa, a Vila de Abrantes, o gestor garantiu que os alunos do CEVA iriam ganhar uma sede própria, já que estudam em um prédio cedido pela Prefeitura de Camaçari. Antes da mudança de endereço, os estudantes foram contemplados com uma reforma estrutural e aquisição de equipamentos.

Com o retorno 100% presencial as salas de aula, após mais de um ano e meio de ensino virtual, o CEVA, assim como todos os colégios da rede estadual, foram beneficiados com o Programa Retorno Escolar Seguro (PRES). “Essa reforma tornou o espaço mais acolhedor, mais agradável para a gente receber os estudantes. Fizemos algumas adequações na estrutura física, estamos direcionando parte desses recursos para a compra de equipamentos que possam potencializar a prática pedagógica, temos alguns passivos de insumos de material pedagógico para que os professores possam trabalhar de maneira mais plena com o estudante, onde vamos produzir material didático e ter uma diversidade de recursos para estimular a criatividade dos estudantes”, explicou a vice-diretora da unidade, Tereza Farias.

De acordo com a educadora, apesar das melhorias na estrutura, o sonho por uma sede própria continua. “A gente espera que ano que vem de fato a gente consiga mudar para uma escola nova e vamos devolver para o ente federado, que é o município, um prédio escolar conservado, arrumado, com todas as instalações adequadas, reforçando a parceria que a gente sabe que é fundamental, pois a educação só funciona bem com o pacto federativo. O estado pensando junto com o município, no sentido de entender que aquele prédio estadual por exemplo, abriga os seus munícipes, estudantes que residem no município, só assim vamos conseguir alcançar uma educação de qualidade. Nesse ponto o programa que a secretaria criou acabou fazendo com que a gente devolva para o município, um prédio em excelentes condições”, exaltou.

A construção de uma nova sede do CEVA depende da desapropriação de uma terreno no distrito. No Diário Oficial do último dia 06 de outubro, foi publicado o decreto de nº 20.773, declarando de utilidade pública para fins de desapropriação, uma área onde será construída a nova escola. Desde o início do ano que o Portal ouve educadores, diretores e os pais de alunos, que solicitavam uma intervenção urgente por parte do poder público.

      

Link de outras matérias sobre o assunto:

https://www.portalabrantes.com.br/noticia/24595-CEVA-se-prepara-para-retorno-das-aulas-presenciais-e-sonha-com-um-predio-proprio

https://www.portalabrantes.com.br/noticia/24762-Portal-reabre-debate-sobre-escola-estadual-em-Abrantes-e-assunto-vira-tema-de-discussao-na-Camara

https://www.portalabrantes.com.br/noticia/24963-Portal-acompanha-visita-a-terreno-indicado-para-a-construcao-de-uma-nova-escola-para-o-CEVA

https://www.portalabrantes.com.br/municipio/25295-Governador-da-Bahia-visita-colegio-em-Abrantes-apos-entregar-duas-escolas-estaduais-na-costa-de-Camacari

https://www.portalabrantes.com.br/noticia/25290-Governador-da-Bahia-entrega-duas-escolas-do-ensino-medio-na-costa-de-Camacari

Mais de Educação