Polícia interdita principais fábricas de licor em Cachoeira

 

Os "Licores do Roque Pinto" e "Arraiá do Quiabo", dois dos mais tradicionais fabricos de licor em Cachoeira, no Recôncavo baiano, foram interditados pela Polícia Federal, nesta terça-feira (21).

De acordo com informações da prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga, a interdição aconteceu por volta do meio-dia por agentes da Polícia Federal. A prefeitura sinaliza que a interdição impacta o município. Só a fábrica Roque Pinto emprega 60 pessoas.

Nesta semana de São João havia uma expectativa de venda alta na cidade. De acordo com a prefeita, o poder público tem atuado junto à Associação dos Licores e aos fabricos interditados para tentar reverter a situação.

Mais de Noticias