19 países já registram casos da varíola do macaco

 

Desde o surgimento do primeiro registro da varíola dos macacos em um paciente do Reino Unido no último dia 7 de maio, os casos da doença têm se espalhado principalmente pela Europa.

Um levantamento realizado pela CNN e atualizado na terça-feira (24) indica que ao menos 19 países confirmaram casos da doença até o momento: Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Emirados Árabes Unidos, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Israel, Itália, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Suécia e Suíça.

Até esta terça-feira (24) a Organização Mundial da Saúde (OMS) havia confirmado 131 casos e 106 estavam sob suspeita. O primeiro caso confirmado da doença no Reino Unido, que disparou o alerta da OMS, foi informado à entidade no dia 7 de maio.

A varíola dos macacos (Monkeypox) é uma doença transmitida de animais para humanos (zoonose). A doença é causada por vírus e pode ser transmitido de uma pessoa para outra por contato próximo com lesões, fluidos corporais, gotículas respiratórias e materiais contaminados, como roupas de cama. O período de incubação da varíola dos macacos é geralmente de 6 a 13 dias, mas pode variar de 5 a 21 dias.

Mais de Noticias