População de Camaçari ganha mais dois pontos ecológicos de entregas voluntárias

Foto: Jean Victor

 Foto: Jean Victor

Camaçari ganhou, nesta quarta-feira (25/5), mais dois espaços adequados destinados ao descarte regular de entulho, materiais recicláveis e outros resíduos sólidos. Trata-se dos Pontos Ecológicos de Entrega Voluntária (EcoPEVs), que estão localizados na Avenida Industrial Urbana, próximo ao Estádio Municipal Fernando Ferreira Lopes, no bairro Ponto Certo, e em Arembepe, ao lado da Escola Municipal Giltônia Pereira de Souza. O prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo, entregou os equipamentos acompanhado da secretária dos Serviços Públicos (Sesp), Arlene Rocha.

Ambos espaços podem receber ainda entulho em geral, materiais recicláveis, a exemplo de papel, plástico, metal e vidro, sobras da construção civil, podas de árvores e materiais volumosos, móveis e equipamentos domésticos e madeiras. Agora, com mais esses dois EcoPEVs, o município passa a ter três equipamento nesse formato instalado na cidade. O primeiro está instalado no bairro Gleba C, na Rua Corpo Santo.

Na oportunidade, o prefeito Elinaldo falou da importância dos equipamentos para toda a sociedade. “A instalação de pontos de coleta como esses é fundamental e traz consigo diversos benefícios, como os ambientais e de saúde pública, por exemplo. E sem dúvidas, podem fazer a diferença na melhor gestão de resíduos sólidos urbanos”, destacou.

A secretária Arlene Rocha destacou a questão da população também fazer a sua parte nesse processo. “Paralelo à administração pública fazer o seu trabalho, a conscientização de todos sobre a importância da destinação correta dos resíduos e nos locais e momentos certos é de suma importância. As pessoas são geradoras de grandes quantidades de materiais pós-consumo e, por isso, precisam ser e estar mais engajados nessa questão do descarte correto”, pontuou.  

O diretor-presidente da Empresa de Limpeza Pública de Camaçari (Limpec), Àldene Motta, esteve presente no ato de entrega. Na ocasião, ele disse que os EcoPEVs facilitam o constante descarte adequado, tanto por moradores como por frequentadores da região, estimulando assim a reciclagem, reduzindo a exploração de novas matérias-primas e diminuindo a emissão de gás carbônico (CO2). “Dessa forma, reduz a poluição e seus impactos socioambientais. Além disso, contribui com a educação ambiental da população”, ressaltou.

A presidente da Associação de Moradores da Volta do Robalo e Loteamento Capivara, Irlane Cardoso, 39 anos, parabenizou a prefeitura pela iniciativa, que segundo ela “vai trazer mais qualidade de vida aos residentes do lugar, pois promove saúde e bem-estar”. Moradora de Arembepe desde que nasceu, ela falou ainda que ações como essa valorizam o bairro e os imóveis ao redor.  

O horário de funcionamento dos EcoPEVs será de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábado, das 8h às 12h. No local, a pessoa pode descartar gratuitamente até 2 metros cúbicos (m³)/dia, o equivalente a dez carrinhos de mão convencionais de obra. A estrutura dos espaços conta com salas de apoio e sanitários. Nos locais, as pessoas terão o auxílio de agentes coletores para orientar o correto descarte do material.

Além dos três EcoPEVs, Camaçari conta com o auxílio de cinco Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) espalhados pela cidade, que ficam nos bairros Burissatuba, na Rua Nova da Palha; Mangueiral, na Avenida Rio Bandeira; Phoc III, na Avenida Luiz Gonzaga; Nova Vitória, na Rua Padre Paulo Maria Tonucci; e no Dois de Julho, na Rua Pascoal.

Ainda estiveram presentes no ato de entrega, o vereador Deni de Isqueiro e a chefe de Gabinete Ruth Ribeiro.

 

Agência de Notícias

Mais de Cidades