Prefeitura de Camaçari emite nota sobre audiência do transporte público e esclarece que não foi convocada para participar

 

Foi através de um veículo de comunicação de Camaçari, que a Prefeitura Municipal disse ter ficado sabendo da audiência realizada na última quarta-feira (01/12), na 1º Vara da Fazenda Pública, do Fórum Clemente Mariani, que tratou de uma ação judicial proposta por membros da bancada de oposição da Câmara Municipal, com o objetivo de obrigar o executivo a licitar o transporte público da cidade. Através de uma nota, a Superintendência de Trânsito e Transporte (STT) disse que a gestão e a autarquia não foram convocadas para a audiência.

Mesmo não tendo sido oficialmente acionada pelo Poder Judiciário, um procurador do município participou da audiência, mas preferiu não falar com a imprensa. De acordo com o órgão de trânsito, a Prefeitura segue empenhada “em dar continuidade as tratativas em busca de melhorias para a população, no que se refere ao sistema de transporte público”.

O texto finaliza dizendo que a administração “não se opõe a participar de qualquer discussão relacionada ao transporte público especialmente com a participação dos demais poderes constituídos”. No entanto reforça que o convite para debater o tema tem que ser oficial.

A nota não fala sobre o andamento do projeto de mobilidade urbana, do processo de licitação e nem apresenta nenhum modelo de transporte público municipal.

 

Link sobre a primeira matéria que trata do assunto:

https://www.portalabrantes.com.br/municipio/26214-primeira-audiencia-sobre-licitacao-do-transporte-publico-de-camacari-termina-sem-acordo

Mais de Política