Facebook
  RSS
  Whatsapp

População de Abrantes comemora inauguração oficial do novo CEVA

Compartilhar

 

Na última quinta-feira (04/07), aconteceu a inauguração oficial do Colégio Estadual de Vila de Abrantes (CEVA), em uma cerimônia que contou com a participação efetiva da comunidade escolar, além de autoridades políticas do município e do estado. Os alunos do ensino médio, moradores da costa de Camaçari, contam agora com uma grande estrutura de ensino integral, com direito a salas climatizadas, quadra poliesportiva, refeitório, piscina e teatro.

O Portal acompanhou a inauguração da unidade, e conversou com o diretor do CEVA, José Adriano Sousa, que há 14 anos se dedica a escola. “Muito emocionado, uma estrutura dessa nos deixa com o coração batendo a mil, é na verdade um sonho realizado. Agora vamos lutar para que possamos continuar fazendo um trabalho de qualidade na educação de Abrantes. Já recebemos suporte de profissionais, ainda não é o ideal para o tamanho dessa estrutura, mas aos pouquinhos as coisas vão se organizando”, disse.

Para o professor Heitor Chamusca, o sentimento era de orgulho e satisfação em ver um equipamento desta magnitude. “Abrantes merecia uma escola dessa há muito tempo. Abrantes é um dos primeiros lugares do Brasil, foi fundada em 1558, e Salvador a primeira capital do Brasil em 1549. Os mesmos padres que fundaram Salvador, fundaram Abrantes. A primeira escola praticamente em Salvador, funcionou também em Abrantes [...], ou seja, Abrantes foi muito importante para o Brasil, pra Bahia, pra América Latina, e ela é muito maior do que a gente imagina”, exaltou.

A presidente do Grêmio Estudantil do CEVA, Mirella de Moraes, agradeceu pela estrutura entregue a comunidade escolar. “Hoje é um dia de gratidão, e que a gente possa desfrutar das coisas legais, boas, e que tanto lutamos para que fossem possiveis. Agora, é claro que é muito importante focar em uma educação de qualidade, porque aqui teremos futuros professores, futuros políticos, pessoas importantes. Estou feliz e realizada”, salientou.

Estudante desde 2022 do CEVA, o jovem Eron Francisco dos Santos, comparou a escola antiga, com a nova. “Hoje temos uma estrutura muito legal, salas com ar-condicionado, tudo bastante arejado, cabe muitos alunos. A gente estudava em salas com portas quebradas, sem janelas. Mas, agora temos essa escola aqui, realmente é um lugar muto bom de conviver. Precisamos agora de mais qualidade no ensino”, destacou.

O ativista ambiental e morador de Arembepe, Rivelino Martins, veio ver de perto como ficou a nova estrutura do CEVA. “A entrega dessa escola é de uma relevância de altíssimo nível. Abrantes merece, é um distrito antigo, uma das primeiras civilizações do Brasil, que hoje mais parece uma cidade. Então, merece todo respeito, tanto do governo municipal, quanto estadual e federal”, enfatizou.

Ainda durante a inauguração, aconteceram apresentações culturais, de dança, modalidades esportivas, capoeira e de fanfarra.

 

 

Mais de Camaçari