Fonte de Buraquinho é entregue a população totalmente revitalizada em uma parceria público/privada

 

Após anos enfrentando a ação de invasores e o crescimento imobiliário desordenado, os moradores de Vila de Abrantes, ambientalistas e historiadores receberam oficialmente na manhã desta sexta-feira (12/11), a Fonte de Buraquinho, que foi completamente requalificada. A cerimônia de inauguração contou com as presenças de autoridades políticas, secretariado municipal, empresários e a sociedade civil organizada.

O lugar que é milenar, tinha 700 hectares de área, mas perdeu espaço para o desenvolvimento urbano e a degradação do meio ambiente, restando apenas 300 hectares. “Fico feliz porque primeiro foi uma luta da comunidade. Nós gestores temos que estar atentos aquilo que o povo clama. A Fonte de Buraquinho é uma obra simbólica, onde as pessoas já tinham alertado a vários governos. Pode observar que o povo está feliz, muito mais pela proteção deste local porque tinha pessoas querendo invadir e ocupar, tivemos até notícias que queriam entupir a ponte, mas vencemos”, pontuou o prefeito Elinaldo Araújo.

Morador de Abrantes, o vereador Gilvan (PSDB), falou da importância de pensar em uma cidade planejada em todos os setores. A Fonte faz parte da poligonal do Parque das Dunas Abrantes/Jauá. “Nós conhecemos a história, nós conhecemos as condições que estava, conhecemos a cultura de nossa cidade, a ocupação irregular, seja na área urbana, rural, na praiana, e isso tudo atrapalha a inviabiliza o nosso desenvolvimento econômico, de emprego e renda, porque as pessoas vão embora quando veem uma cidade desorganizada", exaltou.

Também morador do distrito, o historiador José Fernando, se mostrou entusiasmado com a revitalização da região. “Parabenizo o governo do município, o pedido foi atendido, um espaço de lazer histórico para as crianças, para o pessoal da terceira idade e para as famílias. Vai facilitar que as pessoas conheçam um pouco mais da história de Abrantes, que costumo chamar de Abrantes do Brasil, porque nós somos um pedaço da história desse país. A Fonte de Buraquinho é milenar e nasceu junto com as dunas, que tem aproximadamente de cinco a seis mil anos”, contou.

Emocionada, a vereadora Fafá de Senhorinho (DEM), que indicou na Câmara Municipal a requalificação do local, falou da alegria com a obra. "Estou tão feliz. Isso aqui era um sonho antes de entrar na política, eu pensava 'a gente não pode deixar a Fonte de Buraquinho, que tem toda uma história na nossa comunidade ficar nessa situação, morrer dessa forma'. Hoje temos um local que está uma maravilha, antes era usada só para lavar, agora é para lazer".

Nativo de Abrantes, o vereador Dr. Samuka (CIDADANIA) falou do sentimento de gratidão em ver o espaço requalificado. "Gratidão por ser filho e se sentir pertencente a isso aqui. Essa Fonte tem um valor histórico, um valor sentimental muito forte com o povo de Abrantes, tem um papel civilizatório em toda Camaçari e porque não dizer em toda região metropolitana, já que aqui foi rota dos indígenas que bebiam dessa água que era potável e na década de 80 serviu muito a essa comunidade", contou.

A fonte passou a se chamar Buraquinho a partir do século XX e seu valor histórico traz um sentimento de pertencimento para os moradores de Abrantes. “Carreguei água dessa fonte. Isso aqui representa muito para a comunidade ‘abrantense’, faz parte da rica história de Abrantes, uma riqueza das famílias de Abrantes, mexe com o sentimento. Tem um grande valor histórico com esse resgate. Muita coisa se perdeu, mas fico grato a gestão, ao prefeito Elinaldo, aos vereadores e principalmente a comunidade. É pouco mais significa muito”, disse o morador de Abrantes, Emerson Sales.

Presente também na inauguração, a Secretária de Cultura (Secult), Márcia Tude, falou da importância cultural da requalificação. “Meu sentimento é muito da dimensão não só simbólica da cultura, o mais importante é isso, a possibilidade do resgate cultural, da memória da comunidade que está aqui presente, lembrando que aqui bebeu água, que brincou, das histórias mais antigas, dos mestres e mestras da cultura dos saberes”.

A Secretária de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), Andréa Montenegro, destacou que a revitalização foi um marco para o município e aconteceu a partir de uma contrapartida ambiental de um empreendedor que tem investido no município. “Fizemos essa obra a várias mãos. Aqui está entregue um espaço de lazer, com um cantinho da leitura, um espaço onde vamos poder viver cultura de forma muito presente, e ao mesmo tempo contemplar e preservar o meio ambiente”.

A trilha feita na Fonte de Buraquinho recebeu o nome de dona Doradinha, uma lavadeira que cuidava do espaço no passado. Sua filha esteve presente na inauguração e ficou bastante emocionada com a homenagem a sua mãe. 

  

   

0

Mais de Meio Ambiente