Adão Negro volta aos palcos em inauguração da Casa Amarela em Porto do Sauipe

 

Com um cenário paradisíaco, tendo a lua como testemunha e com um público ansioso para curtir uma boa música, a Casa Amarela, na Praia de Iemanjá, em Porto de Sauipe, Entre Rios, trouxe para a sua inauguração, nada menos que Adão Negro. O show aconteceu no último sábado (09/10).

Essa foi a primeira apresentação da banda após o início da pandemia, quando os shows com público foram proibidos. “Momento de muita emoção pra gente porque sabíamos que iriamos voltar, mas não sabíamos quando. E pra gente como músico, como pai de família, ficar parado em casa sem saber o que vai acontecer é muito difícil. Acho que todo músico ganhou muito cabelo branco nesses quase dois anos, mas voltamos com chave de ouro, e quando a gente encontra o público, a gente lembra de tudo que a gente gosta de fazer”, exaltou o guitarrista Marcos Guimarães.  

Durante esse tempo afastada dos palcos, a banda fez algumas lives, mas ouvir o público e sentir sua energia, "não tem comparação" segundo Guimarães. “A live não é a mesma coisa que o ao vivo, aqui você vai tocando, o pessoal vai pedindo mais uma, a energia que vem do público a gente vai retribuindo com carinho e música. Nós somos abençoados, a gente tem uma legião de pessoas que seguem a gente, que amam nosso trabalho, e de forma gratuita, simplesmente ouviram e gostaram do nosso som”, disse o músico.

Perto de completar 30 anos de estrada, o cantor Serginho se mostrou grato pela oportunidade de retorno aos palcos. “Deus abençoou da gente chegar até esse momento aqui, e que felicidade de voltar com essa energia boa da Casa Amarela, de Porto do Sauipe. Não foi fácil esse tempo, perdemos muitas pessoas queridas, mas nossa fé em Deus é sempre maior e a nossa responsabilidade com o público que também estava ansioso para a gente voltar. A gente saí daqui hoje com várias propostas para região, porque temos um público fiel e graças também ao apoio da imprensa. Foi lindo, um luau maravilhoso”, destacou o artista.

E a banda Adão Negro enfrentou a pandemia fazendo música e planejando trabalho novo. “Já temos material para gravar, espero que nos próximos meses já tenhamos um single, um trabalho novo para divulgar, e é isso, expectativa com cautela, dizendo as pessoas que a pandemia não acabou, esse ambiente que a gente está é controlado, no dia a dia estamos tomando todas as precauções, usando máscara, álcool gel, evitando aglomerações, ter a consciência de só ir a festas estando vacinado e bola pra frente”, finalizou Serginho.

Ainda nesse domingo (10) tem show de Utopia Celeste e Magary Lord na segunda (11).

Link da matéria de inauguração da Casa Amarela:

https://www.portalabrantes.com.br/noticia/25512-Casa-Amarela-e-inaugurada-em-Porto-de-Sauipe-com-diversas-atividades-de-lazer--esportivas-e-com-shows-neste-final-de-semana

Mais de Entretenimento