Portal acompanha visita que discute construção de um novo prédio para o CEVA

 

A luta encampada pelo Portal para que o Colégio Estadual de Vila de Abrantes (CEVA), ganhe um prédio próprio, já que funciona em uma estrutura cedida pela Prefeitura de Camaçari, está avançando. Acompanhamos nesta quinta-feira (02/09), uma visita do vereador Tagner (PT) a unidade escolar do ensino médio.

O diretor do CEVA, professor Adriano Souza apresentou as demandas ao parlamentar. “Gosto muito de fazer o discurso no parlamento, mas gosto mais ainda de vir para a prática. Sair da fala e conhecer a realidade. Vamos incorporar a luta de vocês para que se efetive, e essa escola seja construída em Abrantes, que já tem mais de 30 mil habitantes, o crescimento imobiliário está aqui, e não justifica o distrito está fora do planejamento do estado”, pontuou o vereador.

Na oportunidade, o edis ainda parabenizou a direção do CEVA pelo empenho, mesmo sem uma estrutura adequada. “Apesar de tantas dificuldades, a escola está organizada, a gente percebe que existe um cuidado por parte de toda a gestão, toda a equipe, e a gente precisa realmente concretizar esse sonho antigo da população de Abrantes, que é a construção de uma nova escola”, destacou o vereador Tagner.

O diretor do CEVA, professor Adriano Souza, reforçou a importância de uma unidade escolar que atenda as demandas dos estudantes do ensino médio. “A nível pedagógico temos professores qualificados, uma coordenação pedagógica excelente, e uma gestão que não brinca de fazer educação. Eu amo demais o que faço, gosto da educação seja como professor ou gestor, e brigo pela minha comunidade. Moro há mais de 15 anos no distrito e quero que nossos estudantes tenham uma escola digna”, disse.

Ainda segundo o diretor, Abrantes em muitos momentos é “deixado de mão” pelo poder público. “Fico chateado, parece invisível perante aos órgão públicos. Os estudantes aqui são munícipes, são moradores, votam aqui, uma média de quase dois mil estudantes, e não temos um refeitório, não temos um laboratório de informática, não temos salas dignas para os professores e alunos, não temos uma quadra poliesportiva para prática da educação física. Hoje estamos no limite, nossa escola não comporta mais nenhum aluno, além dos já matriculados”, desabafou o educador.

O próximo passo agora será juntar documentos e informações para serem apresentados em uma reunião com o secretário de Educação do estado, Jerônimo Rodrigues, ainda a ser agendada. Um terreno foi indicato pelo site apropriado para a construção da escola.

   

Matérias anteriores sobre o tema:


https://www.portalabrantes.com.br/municipio/24595-CEVA-se-prepara-para-retorno-das-aulas-presenciais-e-sonha-com-um-predio-proprio

https://www.portalabrantes.com.br/noticia/24762-Portal-reabre-debate-sobre-escola-estadual-em-Abrantes-e-assunto-vira-tema-de-discussao-na-Camara

https://www.portalabrantes.com.br/municipio/24924-Escola-estadual-do-ensino-medio-em-Abrantes-volta-a-ser-tema-de-debate-na-Camara-de-Camacari

 

Mais de Educação