Desafios

 

Segundo boletim da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde do município de Camaçari datado de 5 de julho de 2021, a pandemia da coronavírus alcançou, até o momento, 22.869 pessoas, tendo elevado a óbitos 596. Atualmente temos 21.644 pessoas recuperadas e 629 em tratamento. Os números são preocupantes, haja visto que, mesmo com o quadro de queda nos números de infectados não alcançamos, ainda, a faixa de 70% da população vacinada com a primeira dose, nem 30% com a segunda dose ou beneficiado com a vacina de dose única.

O cenário para os próximos anos indica que os recuperados devem demandar o sistema de saúde local com sequelas neurológica, psicológicas e respiratórias, assim como as famílias que perderam entes queridos devem demandar serviços psicológicos.

Mais ainda. Camaçari apresenta uma taxa de desempregados na ordem de 16% (aproximadamente 11 mil pessoas) agravado com a paralização da oferta de serviços no setor terciário e de serviços, devido às restrições necessárias para controle da disseminação do contagio e o setor educacional, com dois anos paralisados deve apresentar um hiato na formação dos jovens, acarretando dificuldades em vagas para adolescentes entrantes no sistema.

Assim, a administração municipal deve se lastrear e um planejamento realista e eficaz para o enfrentamento das dificuldades pós pandêmica de maneira a dotar, tanto os serviços de saúde e de assistência sociopsicológica da população, assim como medidas para dotar o ensino público com capacidade de absorver novos alunos em paralelo com a recuperação dos remanescentes. Isso vai demandar recursos financeiros e pessoal com experiencia, qualidade e número.

Que DEUS e os Orixás iluminem nossos governantes e nos protejam.

 

Adelmo Borges

 

Adelmo Borges

Mais de