Suspeita de matar idoso é conduzida a 18º DT de Camaçari e em vídeo ela canta para o companheiro

 

No último domingo (13/06), o assassinato do sennhor Nilson Bartholon Dantas, 87 anos, assustou os moradores do bairro Parque Verde II, devido a forma cruel como o crime aconteceu. A companheira do idoso foi conduzida a 18º Delegacia Territorial (DT) de Camaçari, acusada de cometer o homicídio.

De acordo com informações passadas após investigação da Polícia Civil, a suspeita teria golpeado com uma faca o senhor, durante um surto psicótico. Nilson que tinha ferimentos nos olhos, não resistiu e morreu ainda dentro da residência onde morava.

Em um vídeo postado dias antes do crime, na própria rede social da acusada, ela canta para o idoso que está deitado em seu colo com os olhos fechados. “Tem gente que pergunta a mim como está Nilson? Como está Nilson? Eu 'falo' pra você Nilson está bem, Nilson está bem. Só quem sabe é ele e Deus”, diz a letra da música improvisada.

Em outro trecho, a mulher diz não ligar para o que os outros falam sobre ela. “Quem dorme com ele 24h sou eu. Eu sou feliz, Deus me dá força e coragem para eu vencer. Eu não me importo pra quem não gosta de mim, eu sei que Jesus me ama muito mais”, finaliza o vídeo gravado pela própria acusada, que balança as pernas come se tivesse ninando o senhor.

Na legenda do vídeo, a mulher que não teria uma boa relação com a filha do idoso, escreve em tom de indireta. “Quem tiver seu pai e sua mãe, cuide e zele, procure enquanto está vivo. Depois que morre não adianta chorar”.

A acusada segue detida e foi autuada em flagrante por homicídio.

Mais de Polícia