Vereadores de Camaçari denunciam unidade de saúde fechada em Jauá com aluguel pago em dia pela Prefeitura

 

Uma casa alugada pela Prefeitura de Camaçari, onde deveria estar funcionando uma Unidade de Saúde da Família (USF), mas se encontra fechada, foi o motivo de denúncia dos vereadores de oposição ao governo, Tagner (PT) e Vavau (PSB), nas redes sociais. Segundo os parlamentares, desde o ano passado o local está fechado.

O petista Tagner nas imagens, apresenta um contrato assinado pelo secretário de Saúde, Dr. Elias Natan, datado em 25 de maio de 2020, além de notas comprovando que a unidade está alugada pela Prefeitura Municipal. “Paga-se ao proprietário desta casa R$ 1.665,00 reais por mês e olha como está isso aqui”, mostrado em seguida o local sem manutenção, tomado por folhas secas e restos de galhos.

O vereador Vavau na oportunidade, reforçou a indignação do colega de bancada e da população. “Dinheiro público indo para o ralo. Olha essa situação? Jauá sem atendimento médico, uma equipe médica em Pé de Areias onde está tendo apenas dois dias de atendimento”, ressalta.

Tagner finaliza o vídeo mandando uma mensagem para o prefeito Elinaldo Araújo, que irá entregar a documentação ao Ministério Público (MP). “Um absurdo, o dono desta casa está recebendo o dinheiro, ela está abandonada e a comunidade de Jauá sofre sem médicos”. 

Com o objetivo de ouvir as duas partes, os denunciantes e a pasta responsável, o Portal Abrantes entrou contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde (Sesau), na última quinta-feira (10/06). O assessor ficou de dar um retorno ainda na mesma noite, mas até a postagem desta matéria nenhuma resposta foi passada para o site.

Fotos relacionadas

Mais de Saúde