CPDD-LGBT e Teatroescola firmam parceria para inclusão de módulo sobre diversidade

 

Os mais de 300 jovens dos cursos de formação artística e profissional do Teatroescola irão ganhar a partir deste semestre um módulo especial para abordar questões referentes ao combate à LGBTfobia e direitos e políticas públicas da comunidade LGBTQIA+, além de formar novos olhares sobre inclusão e diversidade.

O conteúdo pedagógico será ministrado pela equipe técnica do Centro de Promoção e Defesa dos Direitos da População LGBT da Bahia (CPDD-LGBT), equipamento da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), com apoio dos coordenadores do projeto. A inclusão desses temas foi solicitada pelos próprios alunos. O Teatroescola atende jovens negros e periféricos que buscam formação artística e profissional gratuita.

A concretização deste desejo será firmada no dia 10 de junho, às 13h, durante um ato para assinatura do termo de cooperação entre o CPDD-LGBT e o Teatroescola. No dia 11 de junho, às 13h, será realizada uma live para celebrar a iniciativa.

Para Renildo Barbosa, coordenador do CPDD-LGBT, essa parceria fortalece o currículo dos jovens e amplia o conceito sobre diversidade de uma maneira mais ampla. “Estamos felizes em saber que estamos construindo uma formação plena e cidadã. São conteúdos que serão levados para vida desses jovens, seus familiares e sua comunidade. O mais importante é fomentar esse debate e ao mesmo tempo oferecer caminhos e argumentos para lidar com o racismo e a LGBTfobia em todos os espaços. A nossa equipe e o Teatroescola estão prontos para esse novo desafio necessário para construção de uma sociedade mais humanizada”, pontua Barbosa.

“Essa parceria com o CPDD-LGBT será muito louvável. Traz para dentro do âmbito educacional formativo as questões da comunidade LGBTQIA+, visando que o próprio Centro vai prestar assistência aos alunos. O ponto crucial é a elaboração de um componente curricular sobre gênero e sexualidade na arte. O CPDD-LGBT e o Teatroescola estão saindo na frente na inserção desses temas no componente curricular de forma oficial, como os estudos de gênero e sexualidade, que precisam ser debatidos na educação básica dos nossos jovens”, celebra Nell Araújo, diretor do Teatroescola.

Sobre o Teatroescola

O Teatroescola é um projeto de formação artística e cultural, que desenvolve uma educação humanística, unificada com estudos específicos sobre arte e cultura, com destaque à cultura afro-indígena brasileira, sendo a primeira escola artística desse viés na Bahia. O projeto oferece cursos de teatro, dança, fotografia, produção cultural, técnico de palco, e em 2019 inseriu em sua grade educacional o curso de Libras Nas Artes visando formar jovens intérpretes especialmente para área artística. A estrutura educacional ainda conta com componentes inovadores que contribuem para desenvolvimento político e social do estudante. Entre os principais objetivos, o empoderamento juvenil no que tange à própria cultura, história e ao papel sociopolítico. O Teatroescola desafia e prepara esses jovens para exercer a cidadania, ensinando como se estruturam as relações sociais e humanas, a fim de colaborar na construção de uma sociedade mais justa, igualitária e coletiva.


 

Helder Azevedo

Mais de Entretenimento