Morre Evandro Amaro, fundador da Fanesc

 

Morreu neste domingo (02/05), Evandro Amaro, 51 anos, conhecido pela sua história de dedicação à Fanfarra Estudantil de Camaçari (Fanesc). O ‘fanesqueiro’ como chama os amantes de fanfarras, foi mais uma vítima da Covid-19, após não resistir as complicações da doença que já matou mais de 490 pessoas.

A Fanesc, que tem 25 anos de existência, emitiu uma nota lamentando o falecimento de seu fundador. “Não conseguimos encontrar palavras que sejam boas o suficientes para explicar o que estamos sentindo, nem mesmo o quanto sentiremos a sua falta, você sempre foi e sempre será o maior fanesqueiro de todos os tempos!! você dedicou a sua vida a isto e a você dedicamos todo o nosso amor e carinho, e que Deus te ponha em um bom lugar”, diz o texto.

A Prefeitura de Camaçari também manifestou "profundo pesar pelo falecimento de Evandro", que estava internado em um hospital de Salvador, desde o dia 13 de abril. De acordo com familiares, o sepultamento acontecerá nesta segunda-feira (03), às 9h30, no Cemitério de Parafuso e seguirá as normas recomendadas, com presença de apenas alguns membros da família.

Mais de Cultura