Nutricionista dá dicas sobre como montar uma ceia leve e saborosa para os festejos de final de ano

 

 

 

Resistir a todas as delícias das ceias de Natal e Ano Novo é uma tarefa difícil. Família reunida – respeitando as limitações impostas pela pandemia; decoração, comidas escolhidas a dedo e feitas como muito carinho, tudo isso faz parte da tradição de final de ano. A mesa farta tem aquele assado suculento, a farofa, o arroz elaborado, a maionese, a rabanada e muitas sobremesas. O que devia ser preparado somente para uma noite, dura a semana inteira e as pessoas acabam exagerando nas porções e comendo além da conta. E mesmo sem fugir da tradição, dá para usar a criatividade nas escolhas para as ceias e torná-las menos calóricas, sem abrir mão daquele sabor especial. "Para começar, podemos escolher carnes magras, como tender, chester, lombo ou até o cordeiro. Assar ou cozinhar são as opções ideais para o preparo, e claro, reduzir a quantidade de sal e gordura, além de usar os temperos frescos", explica Gabriel Pacheco, nutricionista da Rede Alpha Fitness.


Se no início da festa for oferecer petiscos, uma boa alternativa é servir torradas integrais com patês à base de iogurte natural. Pode utilizar atum, alho, cebola, ricota e ervas. Evitar o excesso de bebida alcoólica é muito importante. No decorrer da noite, opte por sucos e águas saborizadas. "Ofereça à sua família uma variedade de saladas cruas e cozidas. Temos muitas hortaliças de boa qualidade disponíveis nesta época do ano e a variedade aumenta a possibilidade de consumir alimentos mais saudáveis. As saladas verdes (espinafre, agrião, alface, rúcula) podem ser enriquecidas com frutas e ricota", comenta Gabriel. Tentar introduzir o arroz integral na ceia é uma alternativa mais saudável do que o arroz branco. Se cozido com cenoura, vagem, brócolis ou outros vegetais, o prato terá mais cor e sabor.


As oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, pistache, avelã) podem ser consumidas, pois são alimentos saudáveis, porém esse consumo deve ser moderado. Frutas frescas (banana, abacaxi, ameixa, manga, maçã, laranja) são ótimas opções para o Natal! A mesa fica mais bonita e colorida, além de substituir sobremesas calóricas como os sorvetes, pudins e mousses. "Lembrem de comer devagar, moderadamente e com tranquilidade. O mais importante além de confraternizar com a família, é a preservação da saúde. Por isso o cuidado deve ser permanente e sempre influenciar as nossas escolhas", completa o nutricionista. Vale lembrar que é fundamental que também nesse período de festas, a pessoa já se programe para realizar alguns treinos, para manter o gasto calórico elevado. 

Pietro Ranã

Mais de Gastronomia