Mais de 100 Policiais Militares foram afastados na Bahia por falta de vacinação contra a Covid-19

 Arquivo

Foram afastados de forma preventiva, 141 Policiais Militares da Bahia, entre oficiais e praças, por não terem comprovado a vacinação contra a Covid-19. A informação foi públicada no em decreto assinado pelo governador Rui Costa (PT) no final do ano passado, mas na última quinta-feira (20/01), foi publicado no Diário Oficial do Estado a lista dos servidores com as matrículas ligadas às Secretarias da Administração e Desenvolvimento Econômico. 

A medida cautelar é válida pelo prazo de 90 dias, podendo ser prorrogada por mais 90. O texto diz que "[...] diante da constatação do descumprimento das regras constantes no Decreto Estadual nº 20.887/2021 e na Instrução SAEB nº 024/2021, mesmo após prévia notificação, oportunizando a regularização, devendo ser iniciado o processo de apuração da irregularidade acima indicada, com vistas a garantir manifestação do interessado sobre a referida imputação de comportamento irregular".

Os agentes podem por meio do Sistema de Recursos Humanos do Estado, realizar uma autodeclaração online comprovando a imunização, anexando o cartão de vacinação com as doses em dia da vacina contra a Covid-19. Para ter acesso ao Diário Oficial desta quinta-feira, é só entrar neste endereço: https://dool.egba.ba.gov.br/

 

Mais de Outras