Prefeitura de Porto Seguro libera o não uso de máscaras em ambientes abertos, mas governador da Bahia se posiciona contra

 

Foi publicada no Diário Oficial (DO) da última segunda-feira (01/11), passando a valer já na terça-feira (02), a liberação do não uso de máscaras em ambientes abertos, em Porto Seguro, no extremo sul da Bahia. A decisão foi tomada pela prefeitura, no entanto continua sendo obrigado o uso do item em locais fechados, comércio em geral, locais de trabalho, casa de shows, eventos e festas, sendo que quem descumprir essa medida será responsabilizado por crimes contra a saúde pública e contra administração pública em geral.

O texto do DO justifica que a decisão foi tomada considerando o "alto índice de vacinação em todo o território municipal e a redução das internações e de novos casos graves da doença". Porto Seguro tem 65% de taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), dados da última terça, segundo dados atualizados em tempo real pela Central Integrada de Comando e Controle da Saúde da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Em uma de suas redes sociais oficiais, o governador da Bahia, Rui Costa se posicionou contra a decisão. “Mais uma vez, eu entendo o cansaço de todos, mas à medida que alguns gestores tomaram de suspender o uso de máscaras é precipitada e só aumenta o número de contaminações. Enquanto os números continuarem se comportando desta forma, as medidas de prevenção também permanecerão”, destacou.

Até agora mais de 101 mil pessoas foram imunizadas com a primeira dose e 59.126 pessoas com as duas doses em Porto Seguro.

Mais de Outras