Porto de Sauipe sedia 1º Etapa do Campeonato Baiano de Surf Profissional e 6º Etapa de Futevôlei

 

Foi durante a inauguração do beat club Casa Amarela, na Praia de Iemanjá, em Porto do Sauipe, no município de Entre Rios, neste sábado (09/10), que aconteceu a abertura de dois importantes eventos esportivos, a 1º Etapa do Campeonato Baiano de Surf Profissional e a 6º Etapa de Futevôlei. Após o início da pandemia da Covid-19, essas são as primeiras atividades com público na região.

Segundo Ítalo Marcelo, um dos organizadores dos campeonatos, o torneio de surf em especial, está legitimado pela Federação Baiana e esse ano ganhou mais força por conta do título de Ítalo Ferreira nas Olimpíadas de Tóquio 2021. “É uma grande alegria e uma responsabilidade imensa sediar esse evento, por conta também do título das olimpíadas que deu visibilidade a esse esporte e com a inauguração da Casa Amarela, que é um espaço voltado para a família que quer passar um final de semana diferente a beira mar, em um ambiente muito legal, estamos mais animados ainda”, exaltou.

E o evento atraiu atletas de diferentes lugares da Bahia, como o sufista de Morro de São Paulo, Adriano, que é o top 16 do estado na categorial profissional. “Estou vindo da Ilha Tiaré, tenho títulos de campeonatos em Morro de São Paulo, e com a pandemia só focamos no treino, estamos confiantes, com equipamentos bons e psicológico bom também. Para chegar até foi difícil, a gente vem com o nosso salário mesmo e eu tive o apoio da Locar Brasil”.

Para reforçar a torcida, o também surfista de Morro, Joilson de Jesus, trouxe a família. “Nossa expectativa é ‘super’ positiva, a gente vem treinando bastante, não só para esse evento mas a nossa vida inteira. Estamos muito felizes e contamos com a ajuda da empresa de transporte da ilha, a Biotur, para que a gente pudesse chegar aqui no evento e não é fácil sem patrocínio”, relatou.

6º Etapa de Futevôlei

A outra modalidade esportiva que tem ganhado força nos últimos tempos, o futevôlei, teve a sua 6º Etapa iniciada neste sábado. “É um esporte que está crescendo muito no litoral brasileiro, e em Porto do Sauipe não poderia ser diferente. Temos aqui campões baianos e infelizmente não conseguimos por questões burocráticas da federação, usar a classificação desse torneio, mas isso não tirou a grandeza do evento”, explicou Ítalo Marcelo.

Após o encerramento dos campeonatos, projetos sociais de escolinhas de futevôlei e surf farão parte das atividades da Casa Amarela.

Oportunidade de negócios

Com a realização da inauguração da Casa Amarela e os campeonatos, muitos comerciantes decidiram apostar e trazer produtos para vender na praia, como o empresário de Aracajú, Vladimir Abreu, da V Assaí. “Mesmo com as despesas de deslocamento, estamos apostando no evento. São quatro dias e eu acredito que vamos vender bem. A Bahia no verão é fantástica e fui bem recebido aqui e recomendo que venham participar”, disse.

 

Mais de Entre Rios